domingo, 27 de setembro de 2020

Planta Rubi de Holambra - Heteropterys sp.

 PLANTA RUBI DE HOLAMBRA

Heteropterys sp.


Rara planta encontrada nativa no município de Holambra-SP, onde buscamos pela sua identificação científica durante 5 anos e até o momento não conseguimos. Esperamos que não seja uma espécie endêmica, pois em 09/2020 o único exemplar que conhecíamos em estado nativo foi arrancado e destruído em uma obra de terraplanagem.


Planta arbustiva ou semi-trepadeira com características notáveis, produz prolongada florada de cor rubi com duração entre 3 a 4 meses. Apresenta bela folhagem verde, com brotações novas de cor levemente dourada.


Planta rústica de fácil cultivo, aprecia o plantio a pleno sol ou meia-sombra. Por ser uma espécie nativa do Cerrado, aceita a maioria dos solos, menos os encharcados.


Obs.: Como não conseguimos a identificação adequada da espécie e a planta nativa originária foi destruída, nomeamos essa planta em homenagem a cidade de Holambra-SP, cidade esta onde foi coletada uma pequena amostra e assim foi possível reproduzir algumas mudas.


Estamos comercializando um pequeno lote de mudas desta planta obtidas através de clonagem, visando a preservação da espécie. www.ciprest.com.br


Veja mais fotos abaixo:


Detalhe da florada

Detalhe da florada

Detalhe das flores

Detalhe da planta florescendo no ambiente onde se encontrava nativa


Detalhe da florada


Detalhe da florada


Detalhe de um ramo da planta florescendo

Detalhe da florada

Detalhe da planta florescendo no ambiente onde se encontrava nativa


Detalhe das folhas


Detalhe das brotações novas

Detalhe da planta florescendo vivamente no ambiente onde se encontrava nativa em 2019

É com muita tristeza que encontramos em setembro de 2020 assim o lugar onde a Planta Rubi de Holambra se encontrava nativa. Talvez se não tivéssemos conseguido reproduzir algumas poucas mudas por clonagem, essa espécie teria se perdido para sempre, assim como tantas outras que se perdem em nosso país a cada ano devido ao desmatamento.







sábado, 26 de setembro de 2020

Clausena ou Wampi Rosa do Vietnã - Clausena excavata

 CLAUSENA OU WAMPI ROSA DO VIETNÃ

Clausena excavata


Árvore ou arvoreta nativa da Índia e do Sudeste Asiático, produz grande quantidade de frutos róseo-translúcidos com polpa sucosa e sabor levemente cítrico. Podem ser consumidos in-natura, porém não são muito apreciados.

Planta muito ornamental, seus frutos em cachos rosados chamam muita atenção. Árvore de boa sombra e de rápido crescimento, é uma boa opção para uso na arborização urbana. Sua pequena florada de cor branca atrai abelhas melíferas.

Espécie rústica de fácil cultivo, deve ser plantada preferencialmente a pleno sol. Gosta de solos férteis e úmidos, com boa drenagem.

Mudas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe dos frutos

Tamanho dos frutos

Detalhe dos frutos na árvore

Detalhe da copa da árvore
 


sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Jasmim Árabe Bogari - Jasminum sambac var. 'Arabian nights'

JASMIM ÁRABE BOGARI

Jasminum sambac var. 'Arabian nights'


Pequeno arbusto de origem árabe, chega a no máximo a 2 metros de altura no Brasil. Planta muito ornamental, produz grande quantidade de flores brancas muito perfumadas. Floresce quase o ano todo, com maior ênfase na primavera e no verão. Pode ser facilmente cultivado em vasos.

De fácil cultivo, deve ser plantada a pleno sol. Gosta de solos férteis e úmidos, com boa drenagem. Tolera facilmente temperaturas mais frias. Pode ser realizadas podas esporádicas para controlar o crescimento e revigorar a florada.

Mudas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


 Guirlanda de flores e folhas de Jasmim Árabe Bogari

Detalhe das flores e folhas

Detalhe das flores

Detalhe das flores

Detalhe das flores na planta

Detalhe das flores na planta

Detalhe de mudas no canteiro do Viveiro Ciprest florescendo precocemente

Detalhe dos botões florais separados para utilizar em chá

Chá de Jasmim Árabe Bogari

Detalhe do chá de Jasmim Árabe Bogari

Detalhe das folhas e flores







domingo, 20 de setembro de 2020

Magnólia Anã Perfumada - Michelia figo

 MAGNÓLIA ANÃ PERFUMADA

Michelia figo


Arbusto ou arvoreta originário da China, também é conhecido como Arbusto Banana, em referência a intensa fragrância semelhante a banana de sua florada. Produz grande quantidade de pequenas flores amarela-arroxeadas perfumadas.

Planta ornamental, sua folhagem verde brilhante também são são atraentes. Floresce quase o ano todo, sendo com maior ênfase no outono e inverno. Ideal para uso no paisagismo ou como arvoreta.

Espécie rústica de fácil cultivo, deve ser plantada preferencialmente a meia-sombra, porém também aceita ser plantada a pleno sol. Gosta de solos férteis e úmidos, com boa drenagem.

Mudas desta espécie são comercializadas sazonalmente pela Ciprest. www.ciprest.com.br


Veja mais fotos abaixo:

Detalhe das flores e folhas

Detalhe das flores

Detalhe da flor na planta



sábado, 19 de setembro de 2020

Clúsia Branca Vinácea da Restinga - Clusia lanceolata

 CLÚSIA BRANCA-VINÁCEA DA RESTINGA

Clusia lanceolata - RNC 23806


Belíssimo arbusto ou arvoreta nativa das restingas litorâneas do Brasil, geralmente não passa de 2 a 3 metros de altura. Produz lindas flores de cor branca com interior vináceo em grande quantidade. Floresce quase o ano todo.

Planta com folhagem verde brilhante muito ornamental, é uma excelente opção para uso no paisagismo ou para cultivo em vasos. Espécie rústica de fácil cultivo, aprecia a maioria dos solos, inclusive os arenosos. Pode ser cultivada em regiões litorâneas a beira-mar. Deve ser plantada a pleno sol ou meia-sombra.

Mudas desta espécie serão comercializadas pelo Viveiro Ciprest a partir de 2021 em pequenos lotes. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe das flores

Detalhe das flores

Detalhe das flores na planta

Detalhe da planta

Detalhe da planta

Tamanho das flores

Guirlanda de flores e folhas de Clúsia Branca-Vinácea





domingo, 13 de setembro de 2020

Salta Martim - Strychnos brasiliensis

 SALTA-MARTIM

Strychnos brasiliensis - RNC 24637


Arbusto ou arvoreta nativa do Brasil, produz grande quantidade de pequenos frutos de cor laranja viva, com polpa de cor branca e translúcida, e de consistência firme. Estes servem de alimento pra avi-fauna e apresentam diversas propriedades medicinais. Não há relatos confiáveis quanto à possibilidade de consumo dos frutos por humanos.


Também conhecido como Esporão-de-galo ou Anzol-de-lontra, tem como principal característica o fato de seus frutos pularem quando caem ou são arremessados ao chão, dando assim origem ao seu nome popular. Fato que chama atenção das crianças que utilizam seus frutos para brincadeiras nas regiões onde é encontrado nativo.


Planta encontrada com certa raridade na natureza, é indispensável em projetos de reflorestamentos de áreas degradadas. Pode ser utilizado em bonsais. Espécie rústica de fácil cultivo, deve ser plantada a pleno sol ou meia-sombra. Aceita a maioria dos solos, menos os encharcados.


Mudas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br


Veja mais fotos abaixo:


Detalhe dos frutos

Tamanho dos frutos em centímetros

Detalhe da planta

Detalhe das folhas e ramos

Detalhe dos frutos na planta

Detalhe dos frutos na planta

Tamanho dos frutos

Tamanho dos frutos


Detalhe dos frutos e folhas