segunda-feira, 5 de março de 2018

Ameixa da Mata ou Cereja de Joinville ( Eugenia candolleana )

AMEIXA da MATA ou CEREJA de JOINVILLE

( Eugenia candolleana ) - RNC 23972


Árvore de pequeno a médio porte nativa da Mata Atlântica e das Restingas Litorâneas desde Pernambuco até o Paraná, produz deliciosos frutos de casca preta arroxeada, com suculenta de agradável sabor doce, sendo muito apreciados. Ótimos para consumo in-natura, sucos, geleias e sorvetes.

O Cambuí Preto ou Murtinha são consideradas da mesma espécie, porém seus frutos são mais compridos. Devido a grande área onde se encontra nativa, existem algumas variações quanto a frutos e as formas da árvore de acordo com a região, todavia o sabor e a consistência dos frutos são os mesmo. 

Planta com grande potencial para uso na arborização urbana, pois dificilmente ultrapassa 5 metros de altura quando cultivada. Seus frutos são atrativos de pássaros. Uma excelente opção para cultivo em pomares ou para uso em reflorestamentos de áreas degradadas.

Planta rústica de fácil cultivo e de rápido crescimento. Deve ser plantada a pleno sol ou meia sombra. Gosta de solos férteis e úmidos de preferencia, porém com boa drenagem. Sempre que possível, planta 2 ou mais plantas para melhorar a produção de frutos. Começa a frutificar em 2 a 3 anos após o plantio das mudas.

Mudas desta espécie são comercializadas pela Ciprest. www.ciprest.com.br

Veja mais fotos abaixo:


Detalhe dos frutos


Detalhe dos frutos


Detalhe dos frutos


Tamanho dos frutos

Detalhe dos frutos

Detalhe dos frutos ainda não totalmente maduros, porém bons para consumo

Detalhe dos frutos maduros




Nenhum comentário:

Postar um comentário